Concelho. Mau tempo provoca a queda de árvores e estruturas metálicas e várias inundações

  • Publicado em Concelho
Foto: André Abreu

O mau tempo que se faz sentir provocou a queda de árvores, de estruturas metálicas e ainda várias inundações, no concelho de Guimarães. As corporações de bombeiros foram chamadas para diversas ocorrências, num dia de muita chuva e vento, em que o distrito está sob alerta vermelho devido à tempestade «Ana».

Na vila das Taipas, a queda de uma de uma árvore na Alameda Rosas Guimarães, junto ao parque de lazer danificou uma viatura que se encontrava estacionada. Os Bombeiros Voluntários das Taipas, que estão com um piquete de intervenção composto por 25 elementos e 8 viaturas, foram também acionados para um aluimento de terras na Rua de Alvite.

Ao longo deste domingo, as corporações de Guimarães, Taipas e Vizela foram chamadas a efetuar o corte e remoção de árvores em Creixomil (duas árvores), Infantas (duas árvores), Moreira de Cónegos (duas árvores), Polvoreira (duas árvores), Azurém, Briteiros São Salvador, Calvos, Conde, Costa, Brito, Gonça, Pinheiro, São Torcato, São Paio, Souto Santa Maria e Taipas.

O mau tempo provocou igualmente a queda de estruturas metálicas em Azurém, Conde, Costa, Figueiredo, Infantas, Mesão Frio, São Paio e Taipas, bem como inundações nas freguesias de Azurém, Donim, Costa, Longos, Lordelo, Mesão Frio, Ponte, Sande São Martinho e Taipas.