Parque Radical Skatepark começou a ser construído no Parque da Cidade de Guimarães

  • Publicado em Concelho
Obra vai durar 3 meses

O projeto designa-se “SKATEPARK - Costa”. Vai custar cerca de 143 mil euros acrescidos de IVA e localiza-se na freguesia de Costa, numa área entre as ruas Tacoronte e Dr. José Augusto da Silva. A obra estará concluída dentro de 90 dias.

O novo parque radical destina-se à prática de desportos alternativos como skate, in-line ou BMX. A incorporação de equipamentos desta natureza, nomeadamente para a prática de skate e dos denominados “desportos alternativos”, nas esferas de espaços públicos e coletivos das cidades portuguesas, é uma tendência crescente na realidade portuguesa.    

Se a prática de desportos como o skate já é uma realidade antiga, e caracterizada pela apropriação espontânea do espaço urbano, a construção de espaços próprios é mais recente, tendo crescido bastante na última década.   Guimarães, uma cidade que é referência nos panoramas da cultura e no desporto, nas práticas de urbanismo e na interação entre necessidades contemporâneas e contexto histórico latente da sua morfologia, tem, através deste novo equipamento, mais um ímpeto e uma vontade de fortalecer a qualidade de vida dos seus cidadãos e a identidade dos vimaranenses para com a sua cidade, enquanto potencia a prática deste tipo de desportos cada vez mais latentes e relevantes na esfera social.    

Assim, o “Parque Radical – Skateparque” visa ser um equipamento de referência para a cidade, mas também para o contexto global dos desportos alternativos, pela qualidade do equipamento em si e pela forma como se insere no tecido urbano e na topografia sociocultural da cidade.     

Os primeiros trabalhos da empreitada serão de vedação da área de intervenção, piquetagem topográfica e preparação de caminho de acesso a equipamentos pesados ao local da obra.