Aluno do Agrupamento de S. Torcato venceu concurso Soletrar ​C-I-Ê-N-C-I-A 2018

  • Publicado em Atualidade
Envolveu 10 alunos dos agrupamentos de escolas

António Ribeiro Cardoso, aluno do Agrupamento de Escolas de S. Torcato, venceu a final do III Concurso Soletrar C-I-Ê-N-C-I-A, disputada esta terça-feira, no Instituto de Design de Guimarães. Vasco Ferreira Peixoto, aluno da EB 2,3 Egas Moniz (Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda) e Sérgio Ribeiro da Silva, em representação do Agrupamento de Escolas de Caldas das Taipas (aluno da EB1 de Agrolongo, da freguesia de Sande S. Lourenço) ficaram em segundo e terceiro lugares, respetivamente. 

O concurso é organizado pelo grupo de trabalho de professores bibliotecários de Guimarães, Coordenador Interconcelhio da Rede de Bibliotecas Escolares e Centro Ciência Viva, com o apoio da Câmara Municipal de Guimarães, docentes de Ciências Naturais e Ciências Físico-Químicas dos agrupamentos participantes, Biblioteca Municipal Raul Brandão e do Instituto de Design de Guimarães.

O concurso tem como objetivos aumentar o vocabulário, melhorar a pronúncia e a ortografia e aprofundar o conhecimento de conceitos científicos. A final foi disputada por 10 alunos apurados nas eliminatórias realizadas nos agrupamentos de escolas do concelho: Briteiros, Caldas das Taipas, Arqueólogo Mário Cardoso, Professor Abel Salazar, Vale de S. Torcato, Abação, Santos Simões, João de Meira e Francisco de Holanda.

Na prova final cada um dos finalistas teve de soletrar um conjunto de palavras apresentadas pela organização, cabendo a avaliação a um júri composto por representantes do Município de Guimarães, Ciência Viva e Biblioteca Municipal Raul Brandão.

Antes da prova final, o Curtir Ciência dinamizou um atelier de Impressão 3D. As muitas dezenas de alunos presentes tiveram ainda a possibilidade de ver em funcionamento uma das impressoras 3D cedidas ao Centro Ciência Viva de Guimarães no âmbito da parceria da Universidade do Minho e empresa Bosch.