Hospital de Guimarães e ACES do Alto Ave lembram o Dia Mundial da Diabetes

  • Publicado em Atualidade
Esta terça-feira

A Unidade Coordenadora Funcional da Diabetes da região, que junta o Hospital de Guimarães e o ACES do Alto Ave, vão realizar diversas iniciativas esta terça-feira, com o objetivo de alertar e informar a população sobre os perigos da diabetes. Segundo dados oficiais, doença matou 12 pessoas por dia, em Portugal, em 2015.

No Dia Mundial da Diabetes, para lembrar que a prevenção e diagnóstico são essenciais nesta doença vão realizar-se as seguintes atividades:

- Rastreios gratuitos de glicemia e avaliação do risco de diabetes tipo 2 (9h00 – 12h00 no átrio principal do Hospital);

- Educação nutricional com exemplos de alimentos e respetiva carga glicémica (9h00 – 12h00 no átrio principal do Hospital);

- Mesa de jogo interativo com o objetivo do cidadão conseguir avaliar a carga glicémica em vários tipos de alimentos (9h00 – 12h00 no átrio principal do Hospital);

- Exposição de desenhos de crianças diabéticas, seguidas na consulta do Hospital (9h00 – 12h00 no átrio principal do Hospital);

- Passagem de vídeos informativos (9h00 – 20h00 na sala de espera da consulta de diabetes do Hospital);

- Intervenções informativas sobre a doença nas rádios locais, ao longo do dia, realizadas por médicos do ACES.

Na região de atuação da Unidade Coordenadora Funcional da Diabetes (UCFD), que engloba os concelhos de Guimarães, Fafe, Vizela, Cabeceiras de Basto e Mondim de Basto, existem diagnosticados 20.233 cidadãos com a doença. Nesta região com 255.315 habitantes, a taxa de prevalência diagnosticada situa-se nos 7,9%, revelador do trabalho positivo que tem sido desenvolvido pela Unidade.

A UCFD da região, criada em 2013 e que junta o Hospital da Senhora da Oliveira Guimarães (HSOG) e o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Alto Ave, tem desenvolvido um trabalho importante no seguimento destes doentes. Faz assim questão de assinalar o Dia Mundial da Diabetes no próximo dia 14 de novembro.

No HSOG existe uma consulta de diabetes há 26 anos, composta por 25 médicos e por triagem de enfermagem através de protocolo clínico implementado e seguido também no ACES do Alto Ave, para uma melhor uniformização no seguimento destes doentes. Esta consulta é das maiores do Hospital, com um horário de funcionamento das 9h00 até às 20h00, de segunda a sexta-feira. Em 2017, a previsão para a totalidade das consultas realizadas, nas várias valências ligadas a diabetes (Diabetologia, Pediatria, Nutrição, Obstetrícia e Retinopatia), é de um total de 7700, incluindo primeiras consultas e subsequentes. Seguindo um total de 3051 doentes.

No ACES do Alto Ave, no acompanhamento dos doentes diabéticos, já foram realizadas em 2017 cerca de 15.500 consultas médicas e 16.000 consultas de enfermagem.