«Festival de Outono» da Universidade do Minho começa esta quinta-feira

  • Publicado em Atualidade
8ª edição do “Festival de Outono”

O Conselho Cultural da Universidade do Minho realiza a partir desta quinta-feira 28 a 30 de setembro, a 8ª edição do «Festival de Outono», nas cidades de Guimarães e Braga.

O concerto de abertura, de entrada livre, é esta quinta-feira, às 21h30, com a Orquestra da UMinho, no salão medieval da Reitoria, no centro de Braga. Mais cedo, às 11h00, na cidade-berço, realizam-se o teatro de sombras “E assim nasceu Guimarães”, no Museu Alberto Sampaio, e a “ Tertúlia 2Share”, às 16h00, na Praça da Oliveira. Pelas 18h00, os alunos de Teatro desta academia apresentam a peça “Inserir Descrição”, no antigo Laboratório das Artes. Segue-se a atuação pelas ruas da banda “Kumpania Algazarra” e a projeção de um documentário sobre o património histórico e cultural vimaranense. De volta a Braga, o programa prossegue às 21h30, no Museu Nogueira da Silva (MNS), com uma viagem ao som de instrumentos tradicionais chineses, coordenado pela solista Lu Yanan. 

Na sexta-feira, à mesma hora, realiza-se um concerto de jazz de improvisação contemporânea no MNS, a palestra “Outono Literário - Percursos da obra de…João Tordo” na Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, também em Braga, e um espetáculo da Orquestra da UMinho no Paço dos Duques de Bragança, em Guimarães. A Reitoria da UMinho acolhe às 22h00 os concertos do cantor iraniano “Mazgani” e da banda portuguesa “Dead Combo”. 

No sábado há, às 17h00, um espetáculo de cordas a cargo da Real Filarmónica da Galiza e, às 21h30, a performance “Atribulações de um sonhador inveterado”, encenada por Armindo Cerqueira. A partir das 22h00 é a vez de os artistas “Valter Lobo” e “The Legendary Tigerman” subirem ao palco do salão medieval da Reitoria. Os bilhetes para os concertos no Largo do Paço poderão ser adquiridos a partir de terça-feira, dia 19, nos gabinetes de Apoio ao Aluno, nos campi de Gualtar (Braga) e Azurém (Guimarães), bem como reservados através do email Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

O programa geral inclui ainda visitas guiadas a espaços culturais de Braga, Guimarães e Monção, incluindo o MNS, a Biblioteca Pública e o Arquivo Distrital de Braga, as Termas do Alto da Cividade, o Museu dos Biscainhos, o Museu D. Diogo de Sousa, a Escola Velha da Sé, a Fonte do Ídolo, a Torre de Santiago, o Museu Arqueológico da Sociedade Martins Sarmento, o Paço dos Duques e o Museu Alberto Sampaio e a Casa Museu de Monção. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas em Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Conciliar o património cultural com a criação contemporânea 

O Festival de Outono concilia aspetos do património cultural e artístico que a UMinho detém ou zela, ligando-o com a história das duas cidades onde está sediada e à criação contemporânea. Para a presidente do Conselho Cultural da UMinho, Eduarda Keating, esta oitava edição revela o crescimento e a maturidade do festival, sendo mais diversificado nas propostas, nos horários, nas temáticas e nas parcerias, como a Associação Académica da UMinho.

[ Artigo originalmente publicado no dia 05.09.2017 e atualizado esta quinta-feira, 28.09.2017 ]