Ensaios clínicos crescem 30% no Hospital de Guimarães

  • Publicado em Atualidade
Crescimento tem sido permanente

Os ensaios clínicos realizados no Hospital da Senhora da Oliveira Guimarães cresceram 30% no primeiro semestre do corrente ano. A investigação, nomeadamente através de ensaios clínicos, tem sido uma aposta no Hospital nos últimos anos. A criação de um Centro Académico em 2014 impulsionou e dinamizou a investigação enquanto fator de melhoria da prestação de cuidados médicos de qualidade. Os ensaios clínicos permitem também tratamentos inovadores aos doentes.

Os responsáveis do Centro Académico do Hospital referem, a propósito deste crescimento, que «volvido o primeiro semestre de 2017, de forma impressionante e inquestionável, foram ultrapassadas todas as melhores expectativas. De um total de 79 estudos clínicos, de um crescimento de 30%, destacam-se 4 ensaios clínicos em fase II e 1 ensaio clínico em fase I. Não existe melhor retorno do que o investimento na formação e gratificação dos profissionais de saúde. Estes cumprem os objetivos assistenciais clínicos e de educação da Instituição, devolvem, inovam, superam-se e, contra todas as adversidades, lutam e defendem um futuro melhor. Estas evidências marcam, mais do que quantidade, um salto qualitativo e ventos de um ciclo em um Hospital que já merece ser Universitário».

Os números mostram um aumento constante no número de ensaios clínicos desde 2014. Destacam-se na implementação de ensaios as especialidades de Neurologia, Gastrenterologia, Cardiologia, Oncologia, Pneumologia, Otorrinolaringologia, Urologia, Imunoalergologia e Anestesiologia.

Recorda-se ainda que a Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência divulgou recentemente um relatório, com a lista de instituições hospitalares com mais investimento em atividades de investigação e desenvolvimento no ano 2014, sendo o Hospital de Guimarães mencionado como uma das instituições do país com maior investimento, atividade e resultados na área.