Maria José Fernandes foi eleita presidente do IPCA

  • Publicado em Atualidade
Esta segunda-feira

A professora Maria José Fernandes foi, esta segunda-feira, eleita Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em reunião do Conselho Geral. Torna-se, assim, a segunda presidente eleita do IPCA, sucedendo a João Carvalho.

Eleita com 19 votos a favor e uma abstenção, Maria José Fernandes foi a única candidata à presidência do IPCA, ficando agora a faltar, apenas, a homologação do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e a publicação em Diário da República para que possa tomar posse.

Maria José Fernandes é, atualmente, professora coordenadora principal e presidente do Conselho Técnico-Científico da Escola Superior de Gestão do IPCA, da qual foi diretora entre junho de 2000 e outubro de 2003. Doutorada em Ciências Empresariais e com agregação em Gestão, é ainda diretora do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) do IPCA. Entre outras atividades, participou em diversas comissões de avaliação externa criadas pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).

Do programa de ação que apresentou para o mandato que irá prolongar-se até 2021, destaque para a intenção de “continuar o caminho” iniciado há mais de 10 anos, consolidando e afirmando o IPCA.

O programa de ação assenta em seis eixos fundamentais, interligados entre si e alinhados com a missão institucional: 1) as pessoas; 2) o modelo de governação; 3) a formação e educação; 4) a investigação, desenvolvimento e inovação; 5) a interação com a sociedade; e 6) o Campus responsável.

Até 2021, Maria José Fernandes pretende ver concretizada a existência de uma identidade entre objetivos individuais e organizacionais, uma estrutura interna coesa que responda às necessidades do IPCA, o Campus concluído (responsável, verde e saudável), centros de investigação autónomos ou em parceria, com uma forte ligação entre o ensino e a investigação, e um perfil dos diplomados fortemente articulado com as competências exigidas pelo tecido empresarial.