Moreirense. Inácio diz que é de “extrema importância” vencer ao Estoril-Praia

  • Publicado em Desporto
Este sábado, às 15 horas

O treinador do Moreirense, Augusto Inácio, considerou esta sexta-feira que é de "extrema importância" conquistar os três pontos na receção ao Estoril-Praia, no sábado, em jogo da 22ª jornada da Liga.

"Não é fundamental no sentido de que já não há mais hipótese. Mas é de extrema importância para o futuro do Moreirense", referiu Augusto Inácio na conferência de imprensa de antevisão da partida que opõe 15.º e o 16.º classificados, sendo que o Estoril-Praia, com 19 pontos, tem mais um do que a equipa minhota, estando esta apenas um lugar acima da zona de despromoção.

Inácio admitiu que o jogo vai ser importante para os dois clubes, mas garantiu que o seu foco está no que a sua equipa pode fazer e frisou que o seu grupo "encara os jogos sempre com a perspetiva de os ganhar".

"Mas também sabemos que quando não há vitórias, a cada jornada que passa, vai sendo mais difícil a recuperação. A motivação, o extra, é sempre com vitórias. É importante ganhar porque, além de somar os três pontos, a equipa eleva os índices de confiança. Isso não se tem com palavras. Isso adquire-se com vitórias e com golos", apontou o técnico.

Já sobre o Estoril-Praia, Augusto Inácio descreveu um grupo com "uma ideia de jogo bem definida", uma equipa que "gosta de povoar bem o meio campo e é muito rápida nas transições", elogiando sobretudo a velocidade de Licá e o jogo interior de André Claro.

Augusto Inácio não pode contar com Sagna, André Micael, nem Dramé devido a castigo e teve "duas baixas de última hora" em "acidentes de treino": Wallyson teve uma entorse hoje e Ramirez queixou-se na quinta-feira do tendão de Aquiles, revelou.

Moreirense e Estoril-Praia defrontam-se no sábado, pelas 15 horas, em Moreira de Cónegos, com arbitragem de Rui Oliveira da associação do Porto.