Conheça os castigos aplicados ao Vitória, Moreirense e Vitória B

  • Publicado em Atualidade
Várias sanções aplicadas pelo Conselho de Disciplina da FPF

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol divulgou os castigos referentes à 16ª jornada da Liga, 21ª jornada da 2ª Liga, e jogos da 2ª e 3ª ronda da Taça da Liga. Do documento emitido pelo órgão disciplinar ainda não há registo das sanções relativas ao Vitória-Benfica, da 3ª jornada da Taça da Liga.

No Vitória, no que diz respeito ao jogo com o Benfica para o campeonato, o clube vitoriano recebeu uma repreensão e terá que pagar um total de 3.214 euros, em resultado de três multas aplicadas pelo órgão federativo, ao passo que os encarnados também foram repreendidos e terão que desembolsar um total de 15.069 euros.

Em relação ao mesmo jogo, o preparador físico, Rafael Brito, foi suspenso por dois dias e multado em 383 euros, por protestos contra a equipa de arbitragem, enquanto o defesa Bruno Gaspar foi repreendido e multado em 77 euros, por ter observado o 3º amarelo na prova.

Ainda pelo Vitória, mas no seguimento do jogo com o Paços de Ferreira, da 2ª jornada da Taça da Liga, Soares foi multado em 58 euros pelo 2º amarelo, ao passo que Hurtado terá que pagar 39 euros pelo primeiro amarelo na prova.

No Moreirense, na sequência do jogo com o Belenenses para a Liga, os jogadores Fernando Alexandre, Tiago Almeida e Rebocho foram autuados em 39 euros, por terem visto o primeiro amarelo.

Ainda pelo Moreirense, mas em relação à Taça da Liga, o órgão federativo instaurou um processo disciplinar aos «Cónegos», na sequência do encontro com o Belenenses, da 2ª ronda. 

Já no que diz respeito ao jogo com o FC Porto, da 3ª jornada da Taça da Liga, o Moreirense foi multado em 765 euros e os «azuis e brancos» num total de 7.498 euros. Quanto a jogadores, Tiago Almeida foi repreendido e autuado em 96 euros, por ter visto o 4º amarelo, Roberto recebeu uma repreensão e multa de 77 euros, pelo 3º amarelo, enquanto Dramé, Ângelo Neto, Podence e Cauê, foram multados em 39 euros, pelo primeiro amarelo na prova.

Na 2ª Liga, no seguimento do Benfica B-Vitória B, Cristóvão Marques, delegado ao jogo, foi suspenso por 10 dias e terá de pagar uma multa de 893 euros, por “lesão da honra e da reputação no final do jogo contra a equipa de arbitragem”. Quanto a atletas, os médios Kiko e Haashim Domingo terão que cumprir um jogo de suspensão e pagar uma multa de 54 euros, cada um, por terem visto a 5ª cartolina amarela, enquanto Miguel Oliveira e Haman foram autuados em 27 euros, pelo segundo amarelo na prova.