Pedro Martins insatisfeito com a arbitragem no empate frente ao Chaves

  • Publicado em Atualidade
Técnico não gostou da dualidade de critérios

Pedro Martins criticou a dualidade de critérios do árbitro Fábio Veríssimo no jogo deste sábado à noite frente ao Desportivo de Chaves, que ditou um empate a uma bola. 

“Entrámos muito bem no jogo, o Chaves equilibrou e no final da primeira parte foi superior. Houve um exagero exacerbado do árbitro, abusou da dualidade de critérios durante o jogo e enervou a equipa em muitos momentos”, argumentou o treinador do Vitória.

“Tivemos o jogo controlado na segunda parte, faltando apenas mais critério na finalização, e acabámos por sofrer um golo num momento em que o Bruno Gaspar está mais condicionado”, lamentou Pedro Martins.

“A massa adepta tem uma preponderância muito grande na nossa caminhada, se o 12º jogador acontece é porque a massa do Vitória é muito forte. Estamos a caminhar todos juntos, os adeptos são uma fonte de energia muito importante no nosso processo.”