Mulheres representam apenas 35% da força de trabalho global

  • Publicado em Atualidade

As mulheres representam, em média, apenas 35% da força de trabalho global e estima-se que em 2025 essa percentagem seja de 45%, assumindo que as organizações não alteram os seus padrões de comportamento.

De acordo com o segundo relatório anual global da consultora Mercer, «When Women Thrive» (Quando as Mulheres Prosperam, em português), a igualdade de género “tarda em acontecer devido à forma como o talento feminino é gerido”.

“Prevê-se que em dez anos, a manterem-se as políticas atuais a nível de recrutamento, promoção e retenção de mulheres, apenas a América Latina atinja a paridade no que se refere à representação de mulheres em todos os níveis técnicos e superiores”, diz a consultora.

Segundo a Mercer, as mulheres continuam a estar sub-representadas em termos de força de trabalho em todos os níveis de carreira, sendo que apenas entre 60% a 70% da população feminina em idade ativa está a trabalhar, contra mais de 80% nos homens.